Dia do Jornalista

No dia 7 de abril, dia dos jornalistas, a Art Presse aproveita para colocar em discussão as "fake news", ou notícias falsas, fenômeno que surgiu na internet ano passado

0
79

E o dia do Jornalista? Este é o anúncio que a Art Presse preparou para a edição especial do Jornalistas & Cia, publicação semanal por assinatura que é distribuída a todos os profissionais de comunicação, Relações Públicas e Assessoria de Imprensa que atuam no Brasil. O objetivo foi chamar a atenção para o fenômeno das “fake News”, notícias falsas, que surgiu com as Redes Sociais e a Internet.

A Art Presse ressalta a mensagem que “se a notícia é falsa, então não é notícia”, lembrando que a agência de comunicação vem trabalhando há mais de 30 anos com “notícia notícia”. Ricardo Braga, diretor da Art Presse, lembra que as empresas de Relações Públicas e Assessoria de Imprensa fazem parte do ecossistema da indústria da comunicação e que têm responsabilidades não só com os seus clientes mas principalmente com a imprensa e com a sociedade em geral com a informação que é transmitida aos jornalistas e que é transformada em notícia. “Os profissionais de comunicação têm de se integrar aos jornalistas e às empresas de mídia para combater este tipo de comunicação errática e irresponsável”.

Ricardo Braga diz ainda que as “fake News” sempre existiram: desde as “Gazetas” manuscritas e no período da Revolução Francesa a disseminação de boatos em formato de notícias foram amplamente utilizados por grupos políticos. O que ocorre agora é que o alcance destes boatos são impulsionados pelas redes sociais com o agravante que são retransmitidos por conhecidos e amigos, confundindo quem recebe a mensagem, já que a “fonte” é conhecida (ou seja, o remetente da mensagem).

Sobre este assunto leia o post “Se a notícia é falsa, então não é notícia”, publicada no site da 140:

http://www1.centoequarenta.com.br/140/news/se-a-noticia-e-falsa-entao-nao-e-noticia.html