Relações Públicas e assessoria de imprensa para empresas centenárias

0
72

O jornal Valor Econômico publicou hoje no Caderno Eu& o especial “Empresas centenárias”. A matéria principal, intitulada “Visão de longo prazo”, foi escrita por Maria Alice Rosa. Em minha opinião deveria ser lida por todos os profissionais de Relações Públicas e Assessoria de Imprensa porque mostra como estas empresas, muitas brasileiras, conseguiram comemorar seus aniversários de 100 anos com governança consistente graças a cultura dos seus empreendedores.

O jornal lista uma série de marcas como Salton, Malwee, Granado, Casas Busch, Citi, SulAmérica, Vinícola Peterlongo, Tabacaria Africana, Casa da Bóia, Casa Valduga, Votorantim, Wilson Sons, Grupo H, Hemmer Alimentos e muitos outros.

Em várias ocasiões, neste site da Art Presse ou mesmo em outros espaços – como o Memória das Empresas – tenho defendido o trabalho que é conhecido como “memória empresarial”. A essência desta sub-disciplina da comunicação é entender as razões pelas quais uma determinada marca é fundada por seus empreendedores e explicitar estas questões. Este arquivo histórico das empresas é um verdadeiro patrimônio para os profissionais de RP. A catalogação e uso deste material pode render centenas de materiais e posts em Redes Sociais, sem falar no uso em exposições e livros. O objetivo é expor os motivos da existência da marca, de maneira autêntica, verdadeira.

Ricardo Braga Art Presse